.:Enxaquecas da K471:.
Dói, mas não cansa!
29.9.05
Anjos & Demónios
Ambos fazem parte desta vida.
Um não existe sem o outro.
Para lutar contra o mal usa-se o bem, e vice-versa, todos sabemos que é assim.
______________________________________
Para os que não me conhecem, ou conhecem pouco, não gosto de livros lamechas. Odeio!
Gosto de aventura, mistério, enigmas, enredo, matemática, investigação, espionagem, policial, descomplexados (tanto em linguagem, como em matéria de sexo), e pronto poesia ehhehe etc e etc...
______________________________________
Este post vai ser pouco avantajado pois estou a começar a ler agorinha mesmo o livro ;)
Para quem não sabe, como eu até há uns bons meses atrás, o Anjos & Demónios foi escrito antes do Código DaVinci, mas publicado, como toda a gente sabe, depois!
Li o Código DaVinci e simplesmente adorei, triturei-o bem aos bocadinhos e esprimi tanto que até fez sumo. Espero fazer o mesmo com este. Tenho fome e sede de Dan Brown. A mulher dele que não me leve a mal!
Estes dias, tive a tentar ler um livro O Espião do Vaticano, mas... que puro engano.
Comprei-o em Lx, no aeroporto, a segundos do embarque... deslumbrei-me com o título e por estar na secção de Best Sellers. Burra!
Desisti de o ler!
Peguei ontem à noite do Anjos & Demónios e meti-o dentro da bolsa. Hoje já o folheei no work, mas sempre que estou a ler um livro interessante, o telefone toca, ou o patrão chama, mas em boa verdade gosto, pois dá-me reininha e faz-me querer ler mais ainda!
Não queria dizer isto, mas.... é pena a introdução deste livro seguir as linhas do outro.
Tudo parece familiar... o gajo tá dormindo, acorda sobressaltado às 04 da manhã com telefonema anónimo e daí a nem duas horas, já está no Vaticano (mas de início estava em Boston eheeh)...
Também há outra coisa.
Por ter lido o outro em primeiro, e só depois ter sabido que este foi escrito antes, fez com que desgostasse do outro, um bocadinho... isto é estúpido, mas na verdade, este é a raíz, é o verdadeiro, é o The one eheheh.
MAS Código DaVinci, é sempre o CódigoDaVinci...!!!!!!
Aconselho Dan Brown, vivamente.
Daqui a uns dias escrevo mais qualquer coisa sobre o assunto ;)
Dor sentida pela K471 @ 20:15
9 Comprimidos
28.9.05
Fujam!!! Lá vem ela!!!
(no more photo :p)
O que se faz quando não se tem sono...
K471 cabelos de tesoura!
Ahh juízeeee
Ehehe
Bons sonhos
Dor sentida pela K471 @ 23:03
10 Comprimidos
Dê vida! Dê sangue!!
Todos nós temos este poder! Salvar os outros!
Pensamos que não, ou simplesmente esquecemos que podemos.
Sangue, vida, salvação, oportunidade, felicidade... mas se precisares e não tiveres, não terás vida, não te salvarás, perderás oportunidade e não serás feliz. Morrerás!!
O que custa dar sangue? Nada!!!
Nunca dei, confesso!!
Mas, não podemos ignorar esta situação. Temos de nos lembrar que há gente que precisa!
E precisa mesmo.
O sangue é necessário todos os dias, pois todos os dias existem doentes com anemia, doentes que vão ser submetidos a cirurgia, doentes acidentados com hemorragias, doentes oncológicos que fazem tratamento com quimioterapia, doentes transplantados, etc.
Todas estas situações necessitam de fazer tratamento com Componentes Sanguíneos.
Enquanto um doente com anemia pode necessitar de 1 ou 2 unidades de sangue, um doente com transplante de fígado pode necessitar de mais de 20 unidades de sangue e um doente com leucemia pode necessitar de mais de 100 unidades de Componentes Sanguíneos.
Uma unidade de sangue total representa 450ml.
Cada indivíduo tem em circulação 5 a 6 litros de sangue, dependendo da superfície corporal.
Assim, uma dádiva de sangue pode beneficiar pelo menos três doentes.
Aqui na minha terra, muito pouca informação chega às pessoas.
Na minha opinião, sobre este assunto o que é preciso é, SENSIBILIZAR!!
Isso sim é que é importante, é a melhor arma!!
Falta mostrar às pessoas que há muita gente doente, doentes com historial, e também aqueles que entram nas urgências de surpresa... precisando de sangue. E estes nunca são esperados.
É bom que seja o sangue a esperar pelo doente, do que um doente a esperar pelo sangue...
Em muitas vezes, é fatal.
Somente no Hospital, é que se lê numa porta "Dê sangue", abres a porta e tens uma casa de banho, ou outra coisa qualquer...
Por isso, não podemos deixar que a informação venha até nós. Neste caso é preciso agir!
E quem tiver espírito forte, procura ajudar. É como o Voluntariado...
Vou me informar ao Centro de Saúde, fica perto do meu local de trabalho.
Não sei onde fazem a colheita, nem onde devo ir à 1ª consulta para saber se estou apta.
Amanhã volto cá e deixo algumas letras.
É disto que falo, sensibilização... dar aquele empurrãozinho naquele passo quase certo...
Se alguém quiser mais informações sobre as dádivas de sangue, deixo-vos o link do Instituto Português do Sangue, onde poderão esclarecer todas e quaisquer dúvidas. http://www.ipsangue.org/
Dar sangue é um modo anónimo e ao mesmo tempo reconfortante de sabermos que podemos ser um super-herói para alguém.
Obrigado pela vossa atenção!
Dor sentida pela K471 @ 21:45
7 Comprimidos
Silêncio por favor, enquanto...
esqueço um pouco, a dor no peito
Não diga nada sobre meus defeitos
Eu não me lembro mais
Quem me deixou assim
Hoje eu quero apenas
Uma pausa de mil compassos
Para ver as meninas
E nada mais nos braços
Só este amor
Assim descontraído
Quem sabe de tudo, não fale
Quem não sabe nada, se cale
Se for preciso eu repito
Porque hoje eu vou fazer
Ao meu jeito eu vou fazer
Um samba sobre o infinito
...
Dor sentida pela K471 @ 20:28
2 Comprimidos
26.9.05
Aviso!
Desculpem lá a maçada de terem que colocar a verificação de palavras, mas é que assim o meu espaço já não é alvo de spam.
Já notei que nos vossos também há disso, muitos são em inglês, e trazem uma lenga-lenga que corta o fôlego logo na primeira linha, para além de ser chato para quem lê, muito mais ainda para quem é proprietário! Je :p!
Se querem fazer como eu, basta ir ao menu Definições e activar VERIFICAÇÃO DE PALAVRAS.
Cumprimentos a todos!
A K471 vai fazer nana.
Dor sentida pela K471 @ 23:03
2 Comprimidos
Um toque mágico!
Às vezes basta isto, somente isto!
Dor sentida pela K471 @ 23:00
4 Comprimidos
Tou com inveja!
(Caramba, quem me lê já pensa que basta uma semana para pecar os 7 capitais.
Comecei com a ira, agora a inveja, ando sempre com preguiça, sou gulosa, mas... ainda me safo em três eheehheh. Uf!
Orgulho tenho pouco, luxúria tanto menos, cobiça odeio.
Desculpem o aparte eheheh)
__________________________________________________

A inveja é por causa disto!

Hoje começou a escola, pelo menos aqui na terrinha madeirense :p
O Funchal era só agitação. Autocarros lotados (ai que saudades de estar sentada... FÉRIAS ESCOLARES JÁ!), pais de mão dada com os filhos, o cheiro das cestas de vime acompanhado dos barulhinhos delas ao se mexerem, as mochilas novas, as capas com recortes de ídolos, tudo forradinho à última da hora, os cadernos todos direitinhos, os sorrisos, o reencontro dos amigos, as bilhardices, a alegria em mostrar o que compraram de novo, etc e tal.
Aqui há o costume de levar roupa nova para o 1º dia de escola, coisa que eu fazia sempre, e gostava muito.
As sapatilhas, os fatos de treino, os sapatos novos... enfim. Sempre que a minha mãe me oferecia sapatilhas, tinha de correr no meu quintal. Adorava a sensação ilusionista de que estava a correr mais depressa, e que ia dar "bailhe" aos pequenos da escola.
A minha cidade, alé de ser bela e limpa todos os dias, cheirava a nova, e estava tão pura.
O cheiro era magnífico. Até senti o cheiro da minha escola primária, o cheiro do pão da escola, que serviam de manhã e ao lanche, que eu tanto teimava fazer "bolcha" com ele.
Um cheiro que jamais vou encontrar em sítio algum.
É por isso que, de vez em quando, vou pôr o meu irmão à escola.
É triste quando nos apercebemos que tudo aquilo afinal, é pequeno. O campo, a sala, o pátio, os corredores, o bebedor, o lavatório...
No meu tempo, o chão ainda era de madeira (mas não era de tacos). Adorava ouvir os meus passos, e o rangir da madeira. Adorava o cheiro da cera.
Eu amava a minha escola, conheço-na de olhos fechados. Tinha 6 salas.
Em baixo, uma sala de música, 2 salas de aulas, e uma ludoteca (lembro-me que ela nasceu no meu tempo). Em cima, duas salas de aulas.
E agora, não sei muito bem. Tem mais cor, muito recortes colados nas janelas, computadores (na minha altura não tinha nada disto), uma cozinha, sala e cantina para professores.
Lembro-me das "contínuas", era assim que chamávamos às auxiliares, me pedirem para ir à barraca do Senhor Cardoso (já faleceu) buscar pão.
Lembro-me de me dizerem para ir com muito cuidado.
Recordo-me do nome de todas elas. A pior de todas era a Srª Angelina (mas sempre gostei dela). Não deixava que passássemos em frente à porta principal da escola. Nos intervalos, ela ficava sempre em frente à porta, mas de rabo virado para nós, a bilhardar, e então corríamos para passarmos para o outro lado (era mais perto eheh). Quantas vezes fiz isso... Fazíamos até de propósito.
A Srª Irene, mulher muito divertida, defendia-nos com unhas e dentes.
Nessa altura, os jovenzinhos da zona, iam para a nossa escola roubar-nos o campo.
Como eram grandes, ninguém se metia. A solução era a Srª Irene, ou então a mais implacável, a Srª Angelina. E lá ficávamos todos contentes a fazermos caretas para esses mauzões, por detrás das mulheres, enquanto iam saíndo de lá...
O campo é todo vedado, e num dos lados, tinha um poço de rega.
Em quase todos os intervalos, subíamos o muro, que começava por ser baxinho, acabando alto, bem agarrados à vedação até conseguirmos ver o poço. Estava infestado de rãs.
Adorávamos vê-las com a cabeça de fora, mexendo os olhinhos, e de coacharem de papo feito. Mas o que gostávamos mais ainda, era de assustá-las eheheehehhehheehhehe.
Enfim, fazia tanta coisa. Pensava em tanta coisa. Plantei muitas árvores lá...
Lembro-me também de ajudar as mulherzinhas a varrerem.
Lembro-me de partidas, mas sem maldade que pregava. Sustos... e mais sustos.
Adorava o Carnaval!!!!!!!! Ia sempre bonita (cá está, cá está a cobiça eheh).
Eu e a minha mãe éramos, e somos, muito criativas. Desenhávamos e mandávamos para a costureira. Ainda os tenho todos! 4 pelo menos!
Já me vesti de Bailarina (nada de vestido tradicional!!), Dama, Fada e voltei a repetir o de Bailarina. Ah, não!!! Não repeti nada! Nesse ano a turma toda, se vestiu de dominós eheehheh, lindo!!! Também tenho fotos.
Minha mãe pintava lindamente, as miúdas ficavam invejosas eheheh, então como ela tinha sempre as pinturas com ela, para me retocar a maquilhagem (era muito vaidosa eheh), a minha professora pediu-lhe que maquilhasse a turma toda.
Fomos todos felizes, foi o primeiro ano que fizemos desfile fora da escola.
Íamos todos "cagões" com sacos de lixo pretos, com bolas de papel autocolantes ehehhe lindo!!
Ai, ai saudade.
Ah!! Mas eu estava a falar das "contínuas". A srª Irene já falei, a srª Angelina também e a srª Isabel também era boazinha, mas não tão divertida. Acho que agora é chefe do pessoal auxiliar, e anda com manias de grandeza. Bliec!
Recordo-me também de andar em cima dos ferros da vedação dos jardins. Não era muito alto, e as meninas adoravam se equilibrar lá, e de andarem à roda nos ferros.
Houve uma vez que falhei devido a um tontalhão que me esbarrou. Caí e magoei-me.
A srª Irene é que me cuidou. Chorei tanto, magoei-me tanto...
...(esperem só um pouco pois a minh mãe trouxe gelado, e já está todo derretido eheheh)
(de natas, ai qu bom!)...
E lembro-me ainda de mais coisas. Tantas mesmo. Vou só contar mais esta eheheh (isto nunca mais acaba eheh).
Recordo-me de como estava arrumada a minha cesta (de vimes).
Sempre tive vergonha de usá-la, mas no fundo gostava! Hoje-em-dia gosto mais.
Minha mãe cobria o fundo com um lenço de tecido branco com bordas às ondinhas côr-de-rosa(que ainda tenho), depois o termo com leite com chocolate, fruta, uma sandes, e iogurte. Adorava comer iogurte. Eram da Ilma! Fazia um buraco no fundo, e chupava por lá ehehehe. Não usava colher! Ficava era com a língua meia "ratada" ehehhe.
Pronto, tudo isto para dizer que tenho inveja de quem estuda.
Adoro o cheiro dos livros, os dias que passava a forrá-los todos, sem nenhum vinco, adorava tudo...
Tenho saudades de tudo.
Boas aulas!..
...Que enquanto me vou contentando com os vossos "cheiros".
Dor sentida pela K471 @ 22:38
5 Comprimidos
Tou braba!!
A azia lotiana (marítime), e de todos aqueles que se roem do meu clube, não passa com pastilhas Rennie não senhora.
Ouvi o relato, e li alguns comentários também sobre o jogo do Nacional - União Leiria.
Era chá de Sena para essa gente toda... é que além de só sair merda pela boca, também saía pelo cú.
Seria um laxante à altura, e uma desintoxicação espectacular, que deveria provocar altos calores e uma dor tremenda para nem sequer conseguirem se sentar, tanto menos rirem dos outros.
Esperava-se um pouco até que mudassem de cor gradualmente.
Teríamos assim uma escala, do verde, passando pelo vermelho, e acabando no branco pálido com laivos roxos.
Depois era só deixar secar um pouco na lota, como se faz ao gaiado, e finalmente cortar aos bocadinhos, e assar no porquinho e dar de comer a todos os ******** que dizem mal do MEU NACIONAL!!!!!!
E aí sucessivamente. Mais uma dores, mais um laxante, etc e etc e tal.
Eles próprios, esses rascos e invejosos de uma figa, seriam comida uns dos outros.
Desculpem o desabafo, mas é que já ando passada!
E também sei que gostaram desta!
Olé!
E VIVA AO NACIONAL!!!
Dor sentida pela K471 @ 14:30
2 Comprimidos
25.9.05
Sábado di Só

...Aluguei um camiao
Prá levá galera, prá comé feijao
Chegando lá, maiss qui vergônha
Só tinha macônha
Os macônheiro tavam doidão,
prá comé o meu feijão
--------------------------------------------------
Pois, mas eu não queria cantar.
A verdade é que Sábado (ontem) só saí à rua (para ir à varanda) às 18:15.
Dia lindo, sol, quentinho, espectacular.
Voltei para dentro de casa eheh.
De manhã quando acordei, nem vesti nada, vim para o computador em roupa interior (quando durmo até é com menos!).
Depois, a casa encheu com os meus primos. Precisava de me vestir urgentemente, então foi o que estava à mão. Uma saia, de verão, mas compridinha e larga.
Como não tinha mais nada, levantei a saia até acima do peito. E assim andei o dia todo por casa.
Parecia que estava grávida de 4 (homens ehehehheehheeh).
Minha mãe, ria, e todos os outros, e eu também.
Pela primeira vez, durante uns bons anos, sentei-me na sala a ver tv.
Pela primeira vez, comecei a aprender a mexer naquele comando da PowerBox.
Vi umas séries interessantes, e descobri uns canais engraçados. Ah! Também descobri que carregando no "0" conseguia ver as horas sem mudar de canal eheh.
Chafurdei aquilo tudo, vi Guias de Tv, Video on Demand, Jornais, enfim...
Depois, parei n´A 2. Filme interessante, mas tinha no topo Especial 24. Bem, para quem não vê tv, não sabe que aquilo era 24h eheeheheheh. Ah pois! Uma série em bruto!!
Comecei às 18:30, e acabei à 01:30.
Entretanto lá pelas 21 chegou cá um vizinho e disse que aquilo tinha começado às 12 e trocaopasso, e foi aí que eu percebi o "24".
Fiquei toda partida, completamente. Tenho de mudar de sofás. Vi deitada, mas mesmo assim ainda sentia uns pedaços de madeira a me espetarem as costas.
Não gostei da experiência, mas havia lá um personagem que me fazia lembrar alguém que... não posso dizer :p Ai... saudades!!!!
E foi assim o meu Sábado.
A ver como corre hoje.
Tenham um bom Domingo ;)
Dor sentida pela K471 @ 10:04
4 Comprimidos
€ (: Noite de Sorte :) €
Sexta-feira foi uma noite em grande, desde que saí do trabalho é claro eeheheheh.
Decidi pagar 15€ por dois horas e "piques" de humor.
Saí do trabalho, apanhei o autocarro, e em poucos minutos estava em casa.
Em 20 minutos preparei-me para uma noite em grande. Até me maquilhei, coisa rara.
Era só brilhantes e eyeliner, e algumas sombras... enfim, esqueçam esta parte ehehehehehheheh, e lá foi a K471 para o Centro de Congressos da Madeira (ao lado do Casino).
Quando as portas abriram, lá fomos nós. Estávamos todos bonitinhos, é verdade 8) ehehe, mal entrámos, e só via flashes à minha frente!
Depois dessa cegueirada, e de um sorriso apertadinho, virámo-nos e vimos mesas com aperitivos (caramba 15€ dava para aquilo tudo eheh)
Mas, como todos sabem, os madeirensis, san un pove que parece tere vergonha de se mexere e perguntare pra que serve alguma coisa.
Eu! Sou ao contrário! Além de ser gulosa ehehe, sou curiosa!!
-"Menina, isto é para agora?"
- "Ah sim, sim, estejam à vontade".
E lá fomos comer umas batatas e uns amenoins. De frente para a mesa e de costas para quem quer que seja, lasquei usn bons aperitivos, mas quando me virei, vi um barzinho eheh, com sumos (Brisa, Brisol) na prateleira. Lá fui eu.
-Menina isto é pago?
- Não senhora. É só pedir.
- Bri Tea (nome mais foleiro) de Maracujá (HORRÍVEL!!!!!!!!)
- Bem... menina.... e a cerveja? É paga?
- Também não.
-Ok, então são duas!
E pronto!
Daí a 3m, as portas para a sala, abrem-se, e eu ainda com a cerveja na mão, e já com calores dentro de mim.
Toca abeber aquilo como se fosse sumo. Nem sei como consegui. O pior foi depois, que não me calava ehehhehe. Bem, mas adiante.
Marco Horácio abriu o espectáculo, depois na entremeada veio o Nilton, e por fim, o mais espectacular de todos, o Francisco Menezes.
O Nilton deu-me sono. O Marco Horácio teve bem, mas quem me surpreendeu mesmo foi o Francisco Menezes.
De todos, aliás, só por ele, dava 15€. (tem maldade esta ui eheheh). Sinceramente valeu o dinheiro.
Fizeram um números bem giraços. Não esqueceram o pastor alemão eehehhehe, nem a boca do AJJ aos china. Esta foi porreira eheheh. Compararam a Madeira cheia de chineses, com os 10.000.000 de L. Casei Imunitass, ou sei lá como é que isso se escreve, dentro de uma latinha de danone... ehehehehheeh.
Picaram muito o Benfica também eheheheehhhe, e o Xico fez uma demonstração de hip hop, versão daweasel, e versão gay (estilo Castelo Branco).
Este tem muito talento... cantou que se fartou, tem voz!! Mexe-se que é uma coisa séria ehehehe.
Pegaram com as mulheres... muito... falaram da fila de homens que costumam ficar na porta da Zara ehheheehehehh.
Ah... ehehehehe também houve relato ehehehheheh. Esta foi demais. Jogo do Sporting, e vai Beto, anda com a bola, passa para Liedson, corre, finta, salta, e passa para Peeeeeeeedroooo Barrrrrrboooosaa, queeeee, queeeeeee, olhaaaa para aaaaa esquerdaaaaa, paraaaa aaaa direitttaaaaaa, e passaaaaa ouuuutraaaa vez paraaaaa (isto bem lento eehehehehehehehheh), Beto, e vai, segue em frente ehheh enfim....
Ah! A melhor parte foi na saída eheheh. O Nilton implicou com a minha companhia eheheheh. Sim! Vejam lá, que numa sala com 600 pessoas, holofotes a lhe bater nas ventas, e muito flashes, o s***** disse que my company estava a filmar eheheheheh. Uau. Coitado, tinha dois telemoveis, mas nenhum deles era a cores eheheheh.
Não gostei nada disso. Aliás, não gostei dele ehehhe.
No fim, fomos pagar o parque (uma fila que nem vos conto..) e depois eu olho para o Casino eheheh e... eheheh e..e.e.... vamos jogar :))
Nunca tinha entrado lá com essa intenção.
1º que tudo, falar com os assistentes.
Meu amigo pergunta: como é que se joga nisto, onde é que se troca o dinheiro.
E eu: qual é a máquina que está para rebentar?? Ele riu ehehe e olhou para um sítio, mas disse que não sabia eheeh. Tudo bem. Fomos para as slot machine.
Muita gente, fiquei à espera 10m e cansei-me. Ahh!! Mas logo que cheguei já queria ir para as máquinas que só aceitavam notas, queria gastar 5€. My friend: ah rapariga não é preciso! E eu: sim, sim, sim!!
Comprei só 3 fichas eheeheheheh (0.20€ cada uma ehehe). My friend 20! Ao comprar, disse para o homem da caixa:
-Se não me sai prémio, tá a ver aquele cacto, eu ponho-no lá eheheheh
Bem, cansada de estar em pé, disse muito decidida: Olha, tchau, vou para aquela máquina. Chamei novamente os assistentes ehehe e perguntei como é que aquilo funcionava eheheh.
Tim, pim pim, pau, pau, pau... 2.500 créditos ehehehehe - 48€ ehehehehehehehehhehehh Pronto, amigo vamos embora, vamos comer eheheheehehehehh.
Valeu tudo. Gostei!
Dor sentida pela K471 @ 08:45
1 Comprimidos
19.9.05
(Des)Ilusão
Acreditar, ingenuidade, amizade, família, bem-estar, felicidade, compartilhar, apoio, carinho, desejo de estar perto, aventuras, defesa, ajudar, aconselhar, e tudo acaba com mentira, falsidade, oportunismo, traição, dor, ganância.
Que desilusão...
Sensação de mentira e de ilusão que mancha com pó negro tudo aquilo que acreditava.
Custa-me muito saber, agora, só agora, que tudo era oportunismo.
Escapatória para saídas que muito dificilmente arranjavas por mérito... Eu tenho mérito!
Dói saber que quem oferece ajuda, aconselha e diverte os outros, pode ser nomeado com outros apelidos, todos menos, amiga, conselheira e divertida...
Quem faz o bem é condenado com o mal...
Mas eu não aceito, pois não mereço, tal gratificação tua.
Dói-me saber disto tudo, e não acredito em mais ninguém.
Dor sentida pela K471 @ 20:03
4 Comprimidos
13.9.05
Já cheira a...

Outono!!!!

Agora à tardita, enquanto via o jogo dos botafogopelaboca (bliec!) na minha salinha, abri as janelas pois o calor era imenso.
Levantei-me e voltei a me deitar no sofá.
Entre o volume da tv, em bom som eheh, e os meus gritos, reparei que o vento estava mais longo, que os ramos secos das bananeiras começaram fazer sons, que as folhas caídas no chão arrastavam com a ajuda do vento, e que o frio que já aperta à noitinha.
Melhor que tudo isto é estar em casa e poder observar essa mudança.
Estou no quarto, aqui, a escrever, e consigo sentir e ouvir o vento lá de longe, e que vem cá parar devagarinho.
Oiço o seu percurso completo, e quando chega aqui, provoca-me um arrepio com cheiro a cor quente, seco, e macio.
O cheiro a chuva também acompanha essa brisa escaldada pelo sol do dia.
É igualmente bonito de se ver, o sol mais avermelhado, que quando bate nas núvens, deixa a paisagem cor de rosa...
Minha gente, o Outono chegou...
Dor sentida pela K471 @ 23:05
2 Comprimidos
6.9.05
Tive uma ideia!
Se tivesse alguém aqui ao meu lado, já estava com as mãos na cabeça a gritar para estar calada eheheheheh.
Mas como não está, vou arriscar, até porque é uma ideia bonita ;)
E vocês também deviam fazê-lo, só para terem uma dimensão daquilo que construímos.
Seja em papel, ou em pensamento, façam! Nem é preciso pararem o corpo para pensar.
Aqui vai.
Pessoas que conhecemos (desde a infância), e que num período de tempo, estabelecemos uma relação de amizade. Vale tudo. Colegas de escola, de treino, etc e tal. Façam referência ao lugar onde a conheceram.
Acho que isto ainda vai dar em "Ponto de Encontro".
Desculpem lá o esquivo mas, é melhor eu começar amanhã, senão nem janto, nem faço uma coisa importante antes de fechar os olhinhos para dormir.

See ya
Update:
Continuando com a ideia:
Cátia Alexandra (desde a escola primária, até 9º ano nos Salesianos) Agora estuda em Coimbra... não sei mais dela.
Leão - Salesianos. Tinha imenso jeito para desenho. Estudou na Apel, e agora não sei dele.
Rubem, (minhoca) Salesianos.
Catarina (Salesianos - 9ºD)
Edna (" ")
Nídia (" ")
João (" ")
Jorge (" ")
Vitor Queli (maluco eheheh era mesmo destravado ehehe... também andou nos Salesianos... que é feito dele?!!)
Enfim... acho que não quero continuar com isto...
Traz-me muitas saudades...
Dor sentida pela K471 @ 22:04
5 Comprimidos
Reflexos
Este título balanceou na minha mente quando estava a passar (e não a passear) pela rua.
De repente, dei por mim a olhar para os vidros das janelas das lojas comerciais das ruelas do Funchal, em andamento, reparando nos reflexos que lá passavam... incluíndo o meu.

Ainda estou a escrevinhar em pensamento...
Preciso de passar lá, mais vezes...
É esperar para ver.
...O que me pareceu ser uma fracção de segundos, revelou-se uma eternidade.
Simplesmente o tempo deixou de existir. O conceito e a sensação de segundos e minutos, desapareceram.
Esse vidro, ou espelho, ou sei lá, acho que nem vi bem, assustou-me mas acabou por me deixar um sorriso nos lábios.
A primeira palavra que passou pela minha mente, ainda apreensiva, foi "Reflexo".
Sorri, pois logo comecei a pensar:
"Somos reflexos de tudo! Seja rico, seja pobre, temos reflexos das mesmas coisas. Os factores mais básicos são o pai, a mãe, o namorado, os amigos, os sentimentos. E para os "lobos", como eu, a chuva, o sol, a lua, as estrelas, a dor, a saudade.
Somos reflexo, somos médicos, ilusionistas, advogados, mentirosos,vendedores, trovadores, felizes, e tristes.
Se somos, reflectimos...
Quer queiramos, quer não... ou melhor, quer se aceite, ou não...
Eu sou o reflexo de tudo. Quer do que atraio, quer do que repelo... quer do que entra, quer do que sai.
Acredito que também sou reflexo de alguém, tal como a sensação de a ter sempre presente, mesmo que sob todas as formas não visíveis...
Um beijo... para os meus reflexos todos. E o meu agradecimento.
Dor sentida pela K471 @ 22:03
2 Comprimidos
Vale sempre a pena tentar!!

When you try your best, but you don't succeed
When you get what you want, but not what you need
When you feel so tired, but you can't sleep
Stuck in reverse
When the tears come streaming down your face
When you lose something you can't replace
When you love someone, but it goes to waste
Could it be worse?
Lights will guide you home
And ignite your bones
And I will try to fix you
And high up above or down below
When you're too in love to let it go
If you never try, then you'll never know
Just what you're worth
Tears stream down your face
When you lose something you cannot replace
Tears stream down your face
And I...Tears stream down your face
I promise you that
I'll learn from my mistakes
Tears stream down your face
And I...Lights will guide you home
And ignite your bones
And I will try to fix you

Para poderem ouvir esta música basta procurar: Coldplay - Fix you
Dor sentida pela K471 @ 21:42
2 Comprimidos

Paciente

K471
Funchal, Portugal
Perfil Completo, Aqui!

No Consultório
Crises Recentes
Visitas à Doente

Em Quarentena
O meu Paracetamol
O Tempo