.:Enxaquecas da K471:.
Dói, mas não cansa!
29.10.06
Ciclo perfeito
Chegar a casa num dia de chuva, estacionar o carro e desligar o motor justamente quando a música do rádio acaba... Sem timing definido, mas em perfeita sintonia.
O dia até sabe bem assim.
Dor sentida pela K471 @ 11:46
0 Comprimidos
21.10.06
Was´up?

Dor sentida pela K471 @ 15:37
6 Comprimidos
19.10.06
Já vos aconteceu?

Fazerem um manguito a alguém tão subtilmente, ao ponto de vos agradecerem?
;)
Dor sentida pela K471 @ 14:29
4 Comprimidos
5.10.06
Dúvida!



Às vezes não sei se me sinto um hipopótamo, um pinguim, ou um perú recheado...
Dor sentida pela K471 @ 13:24
6 Comprimidos
Reflexão
Sou uma gaja cheia de teorias. Tenho n teorias, para n+1 assuntos. E acreditos nelas, até ao dia em que as consigo tornar falíveis e as substituo rapidamente por outra teoria, mas renovada. E sobretudo mais adequada.
Tenho a teoria:
  1. de que quem ri muito chora muito;
  2. de que tristezas não pagam dúvidas;
  3. de que as pessoas mais apaixonadas não são necessariamente as que mais o demonstram, ou seja, os casais aparentemente “perfeitos” fazem-me “comichões” e desconfio sempre da aparente felicidade;
  4. de que não existem pessoas felizes, nem vidas perfeitas;
  5. de que a minha vida é uma merdinha e não uma merda como eu tantas vezes digo;
  6. de que as pessoas que dizem muitas vezes querida e amor mal conhecendo a outra pessoa são falsas;
  7. de que quem mais esperto se julga, menos esperto o é;
  8. de que as amizades, as verdadeiras, são eternas;
  9. de que o amor é eterno enquanto dura;
  10. de que as coincidências existem e explicam muita coisa;
  11. de que nada acontece por acaso;
  12. de que se gosta de duas pessoas ao mesmo tempo, se se diz isto não se gosta de nenhuma;
  13. de que as pessoas bêbadas fazem exactamente o que queriam fazer sóbrias mas não tem coragem;
  14. de que os gajos preferem uma gaja que possam controlar para terem em casa e que lhe diga amem;
  15. de que as mágoas não se afogam em copos nem anti-depressivos;
  16. de que um amor não se esquece no psiquiatra, mas vivendo;
  17. de que as pessoas são cada vez menos sinceras e nas costas dos outros podemos ver as nossas;
  18. de que as pessoas por dinheiro se transformam;
  19. de que as pessoas não devem ter várias carapaças consoante estão no emprego ou em casa;
  20. de que ficar em casa e sobretudo sozinho não é boa solução para nada;
  21. de que as meninas com ar certinho são sempre as piores;
  22. de que pouca coisa do que parece, é;
  23. de que a minha intuição raramente me engana;
  24. de que os “eu faço e aconteço” são os primeiros a serem facilmente dominados pela “cara-metade”;
  25. de que quando uma das partes anula a outra parte está a dar o primeiro passo para anular a relação. E com o consentimento da outra parte;
  26. de que cão que ladra não morde, na verdadeira acepção da palavra;
  27. de que não se devem engolir sapos;
  28. de que o ditado “quem se cala não se entala” não é minimamente verdadeiro;
  29. de que brincar com o fogo é bom;
  30. de que os bois se agarram pelos cornos e quanto mais cedo melhor;
  31. de que ninguém emagrece a beber muita água;
  32. de que gostamos sempre mais de quem nos dá com os pés;
  33. de que todas as fases da vida se têm que viver e quem não as vive numa determinada fase, vai vivê-la mais tarde, o que pode ser bem pior porque se está “out”;
  34. de que as traições em pensamento são bem mais graves do que as físicas;
  35. de que quem trai sistematicamente e casa com esse alguém, vai trair o resto da vida;
  36. de que um caso mal resolvido é uma pedra no sapato que mais cedo ou mais tarde vai causar “calo”;
  37. de que não acredito em relações à distância;
  38. de que não acredito em pessoas super ocupadas;
  39. de que não acredito em amores fulminantes, nem em amor à primeira vista;
  40. de que não acredito em divorciados amigos, pelo menos no início da ruptura;
  41. e... podia continuar mas também não acredito em vidas teorizadas!…Quem diria?… :p
Dor sentida pela K471 @ 13:02
1 Comprimidos
Abram alas!!
VÉNIAS!!! VÉNIAS!!!
Não ao Noddy, maldito boneco, MAS A MIM!!!!!



Vá, quero parabéns, e muita coisa boa!!
Obrigada, obrigada! 8)
Dor sentida pela K471 @ 03:36
3 Comprimidos
Para ler e ouvir no feriado
Transbordando um ritmo alegre com um jeitinho de forró, esta música cativa-me ainda mais.
Numa fase da vida onde as alegrias são poucas mas boas, o que nos acompanha e sabe bem ao ouvido, é nada mais nada menos, do que uma boa música para nos levar para longe de tudo e todos.
Nos próximos dias, vamos ter mais música que sentimentos.
E a eleita é esta:

Não me deixe só
by Vanessa da Mata

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz

Não me deixe só
Tenho desejos maiores
Eu quero beijos intermináveis
Até que os olhos mudem de cor

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz

Não me deixe só
Que o meu destino é raro
Eu não preciso que seja caro
Quero gosto sincero de amor

Fique mais
Que eu gostei de ter você
Não vou mais querer ninguém
Agora que sei quem me faz bem

Não me deixe só
Que eu saio na capoeira
Sou perigosa, sou macumbeira (bombeira aqui também dava, oh Vanessa ehehe)
Eu sou de paz, eu sou do bem, mas...

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz
Não me deixe só

Disco: Essa Boneca tem Manual
Dor sentida pela K471 @ 02:20
1 Comprimidos
2.10.06
O Ninja
Escreve o que vocês quiserem
Ninja!
;)
Dor sentida pela K471 @ 14:12
1 Comprimidos
1.10.06
Ai...
Só mesmo assim.
Ando inundada de lenços de papel e quando acabam lá vou eu à casa de banho buscar mais papel higiénico. No meu caso, daria jeito uma coisa destas!
Ai que já não posso...
Dor sentida pela K471 @ 11:54
1 Comprimidos

Paciente

K471
Funchal, Portugal
Perfil Completo, Aqui!

No Consultório
Crises Recentes
Visitas à Doente

Em Quarentena
O meu Paracetamol
O Tempo