.:Enxaquecas da K471:.
Dói, mas não cansa!
5.10.06
Reflexão
Sou uma gaja cheia de teorias. Tenho n teorias, para n+1 assuntos. E acreditos nelas, até ao dia em que as consigo tornar falíveis e as substituo rapidamente por outra teoria, mas renovada. E sobretudo mais adequada.
Tenho a teoria:
  1. de que quem ri muito chora muito;
  2. de que tristezas não pagam dúvidas;
  3. de que as pessoas mais apaixonadas não são necessariamente as que mais o demonstram, ou seja, os casais aparentemente “perfeitos” fazem-me “comichões” e desconfio sempre da aparente felicidade;
  4. de que não existem pessoas felizes, nem vidas perfeitas;
  5. de que a minha vida é uma merdinha e não uma merda como eu tantas vezes digo;
  6. de que as pessoas que dizem muitas vezes querida e amor mal conhecendo a outra pessoa são falsas;
  7. de que quem mais esperto se julga, menos esperto o é;
  8. de que as amizades, as verdadeiras, são eternas;
  9. de que o amor é eterno enquanto dura;
  10. de que as coincidências existem e explicam muita coisa;
  11. de que nada acontece por acaso;
  12. de que se gosta de duas pessoas ao mesmo tempo, se se diz isto não se gosta de nenhuma;
  13. de que as pessoas bêbadas fazem exactamente o que queriam fazer sóbrias mas não tem coragem;
  14. de que os gajos preferem uma gaja que possam controlar para terem em casa e que lhe diga amem;
  15. de que as mágoas não se afogam em copos nem anti-depressivos;
  16. de que um amor não se esquece no psiquiatra, mas vivendo;
  17. de que as pessoas são cada vez menos sinceras e nas costas dos outros podemos ver as nossas;
  18. de que as pessoas por dinheiro se transformam;
  19. de que as pessoas não devem ter várias carapaças consoante estão no emprego ou em casa;
  20. de que ficar em casa e sobretudo sozinho não é boa solução para nada;
  21. de que as meninas com ar certinho são sempre as piores;
  22. de que pouca coisa do que parece, é;
  23. de que a minha intuição raramente me engana;
  24. de que os “eu faço e aconteço” são os primeiros a serem facilmente dominados pela “cara-metade”;
  25. de que quando uma das partes anula a outra parte está a dar o primeiro passo para anular a relação. E com o consentimento da outra parte;
  26. de que cão que ladra não morde, na verdadeira acepção da palavra;
  27. de que não se devem engolir sapos;
  28. de que o ditado “quem se cala não se entala” não é minimamente verdadeiro;
  29. de que brincar com o fogo é bom;
  30. de que os bois se agarram pelos cornos e quanto mais cedo melhor;
  31. de que ninguém emagrece a beber muita água;
  32. de que gostamos sempre mais de quem nos dá com os pés;
  33. de que todas as fases da vida se têm que viver e quem não as vive numa determinada fase, vai vivê-la mais tarde, o que pode ser bem pior porque se está “out”;
  34. de que as traições em pensamento são bem mais graves do que as físicas;
  35. de que quem trai sistematicamente e casa com esse alguém, vai trair o resto da vida;
  36. de que um caso mal resolvido é uma pedra no sapato que mais cedo ou mais tarde vai causar “calo”;
  37. de que não acredito em relações à distância;
  38. de que não acredito em pessoas super ocupadas;
  39. de que não acredito em amores fulminantes, nem em amor à primeira vista;
  40. de que não acredito em divorciados amigos, pelo menos no início da ruptura;
  41. e... podia continuar mas também não acredito em vidas teorizadas!…Quem diria?… :p
Dor sentida pela K471 @ 13:02
1 Comprimidos:
  • Às 10/10/06 18:03, Blogger cold water tomou e disse…

    E eu tenho há anos uma teoria (uma a par de muitas k li aqui):
    Ninguém me consegue magoar mais do que eu própria...

     
Enviar um comentário
<< Voltar à  dor
 

Paciente

K471
Funchal, Portugal
Perfil Completo, Aqui!

No Consultório
Crises Recentes
Visitas à Doente

Em Quarentena
O meu Paracetamol
O Tempo