.:Enxaquecas da K471:.
Dói, mas não cansa!
8.4.06
Suspenso no tempo (2)
Adoro o que faço!
Às vezes apetece-me chutar tudo para o alto e mudar o rumo da minha vida. Mas depois quando estou, como hoje, num tribunal a falar com as paredes (sim até resmungo para o quadro mais feio!) e todos, num aula de formação de bombeiros, numa conferência sobre qualquer coisa que me interesse, e no meu gabintete a despachar papelada...sei porque o faço. E percebo o sentido da minha vida.
Adoro o que faço. E isso é tão bom. Decididamente sou um "animal social". E o que é melhor nisto tudo é o meu ar descontraído num mundo onde as gravatas e o cinzento são o "pão nosso de cada dia" e isso, até acho que é muito bem aceite. Mas mais do que isso, sei que sou respeitada pelo meu trabalho.
E quando um dos senhores mais influentes de uma Ordem se volta para mim e diz "dá cá dois beijos" e diz "olha cá está a perigosa"...arranca-me um sorriso sincero. Hoje fui reconhecida e nem estava à espera. Pronto...estou contente!
Dor sentida pela K471 @ 13:05
3 Comprimidos:
  • Às 10/4/06 14:44, Anonymous Sr. X tomou e disse…

    Vês, como no Verão da Vida, podes aproveitar para bronzear! É assim mesmo: lembra-te que és de Abril, levanta-me essa cabeça e ...marra neles até doer!
    Em qualquer coisa que façamos, seja no trabalho, seja naquilo que fazenmos por prazer há sempre alguém que reconhece o nosso trabalho, mesmo se outros se ocupam em denegri-lo!
    o Outro disse: «Levanta-te e anda!». Pois eu digo-te: Levanta-te e sorri!

     
  • Às 10/4/06 21:57, Blogger ClearedForTakeOff tomou e disse…

    Já consegues pegar bem na mangueira?

     
  • Às 10/4/06 21:57, Blogger ClearedForTakeOff tomou e disse…

    ja sabes pegar na mangueira?

     
Enviar um comentário
<< Voltar à  dor
 

Paciente

K471
Funchal, Portugal
Perfil Completo, Aqui!

No Consultório
Crises Recentes
Visitas à Doente

Em Quarentena
O meu Paracetamol
O Tempo