.:Enxaquecas da K471:.
Dói, mas não cansa!
2.4.06
E é assim...
Sem imagens, nem recortes para poder guardar o que vi hoje...
Mas não tenho pena, pois guardo tudo dentro de mim como se fosse um sonho mágico, quase irreal, mas vivo.
Ainda tenho aquelas imagens nos olhos. Para qualquer sítio que desvie o olhar, vejo ainda aquelas nuvens baixinhas espelhando a sua luz na terra, tornando tudo mais claro.
Já não via há muito uma manhã tão bela como a de hoje... Foi sideral.
Senti-me grande, mesmo que no meio de tanta imponência, essência natural, e pura imensidão, senti-me! Senti-te...
Que encontro de 3º grau eheheh
...Porquê é que não páro de pensar?! De sentir?
Obrigada...
Dor sentida pela K471 @ 19:46
3 Comprimidos:
  • Às 3/4/06 15:26, Anonymous Sr. X tomou e disse…

    Falas a quem, Sereia? Àquele que tudo ouve, ou àquele que nada ouve? O primeiro ouve todas as nossas preces (dizem), o segundo, nem sonha que é nele que pensas.
    Pensar é uma actividade inata ao ser humano, só que alguns utilizam-no para coisas fúteis, outros para a arte da guerra e alguns utlizam-no para ... pensar!
    Pensar faz bem, estimula-nos e faz-nos sentir bem connosco. Alguém já tentou deixar de pensar? Nem que fosse por um minuto? É difícil, senão mesmo impossível.
    Mas, Sereia, se pensar é bom, sentir é igualmente fabuloso! E tu sentiste! Foi bom, não foi?
    Já dizia Alberto Caeiro, heterónimo de Pessoa, que sentir é viver!

     
  • Às 3/4/06 19:39, Blogger K471 tomou e disse…

    Adorei o que escreveste, mas não vou responder...
    Um grande beijo!

     
  • Às 6/4/06 13:52, Blogger Rui Afonso Brandão tomou e disse…

    E tão bom sentir-mos a natureza em nós, ter estes momentos que gostamos ou com quem gostamos faz-nos ultrapassar com um sorriso todo o mal que passamos

     
Enviar um comentário
<< Voltar à  dor
 

Paciente

K471
Funchal, Portugal
Perfil Completo, Aqui!

No Consultório
Crises Recentes
Visitas à Doente

Em Quarentena
O meu Paracetamol
O Tempo